Clínica Hepatogastro

Hérnia Inguinal: o que é isso?

Atualizado em 31/05/2022
Tempo de leitura: 2 min.
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
 | 
31/05/22

Hérnia Inguinal é sempre que temos um defeito na parede abdominal, um orifício, por onde vai passar o conteúdo.

Em caso de hérnia, na região inguinal, você vai ter um orifício por onde vai passar uma gordura, ou até mesmo o intestino. Isso pode ser potencialmente grave, pois se ele passa esse conteúdo, passa o intestino, e não volta, ele pode ficar encarcerado, ficar preso ali ou até mesmo ter seu suprimento sanguíneo reduzido e vir a estrangular, a isquemiar aquele tecido.

Continue lendo e saiba mais sobre a hérnia inguinal!

O que fazer após Identificar a Hérnia?

A partir do momento em que identificamos que o paciente tem o sintoma da hérnia, é muito importante ele estar orientado ao que pode acontecer. Então, se essa hérnia começa a abaular, não volta ao lugar, começa a ficar vermelha, ter muita dor, o paciente precisa às vezes ir direto ao pronto socorro e passar por uma cirurgia de urgência.

Nesse caso, é importante que um médico de confiança esteja ciente e eventualmente realize essa cirurgia de urgência, mas o ideal é que esta cirurgia seja programada, tanto para o paciente fazer o preparo de avaliações pré-operatórias e também para o material necessário estar disponível.

Tipos de Cirurgia

Geralmente, são realizadas 3 tipos de cirurgias, sendo elas:

  • Cirurgia Aberta/Convencional;
  • Cirurgia Videolaparoscópica;
  • Cirurgia Robótica.

Esses dois últimos são as cirurgias minimamente invasivas, que são as mais utilizadas hoje em dia. Nela, por pequenas incisões no abdômen, 3 cortes pequenininhos que variam de 5 a 10 milímetros , conseguimos operar a hérnia com segurança e com uma recuperação mais rápida, com menos dor no pós-operatório e com um retorno às atividades do dia a dia mais rápido.

Outros métodos

Infelizmente, não existe outro tratamento para a hérnia a não ser a cirurgia e realmente, se o paciente não tiver condições de operar, seja pela idade ou por alguma doença, muitas vezes temos que tratar essa doença antes da cirurgia, melhorar a saúde do paciente, para que ele consiga passar pela cirurgia.

Por isso, é muito importante o paciente estar com uma equipe bem preparada, um cirurgião experiente, principalmente em cirurgia minimamente invasiva, para que ele faça a cirurgia com segurança e retorne mais brevemente e com saúde às suas atividades cotidianas, às atividades físicas e também ao trabalho.

Sobre o(a) Autor(a)
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 | 23 / 06 / 21
Saiba mais a respeito da herniorrafia, o tratamento cirúrgico adotado para a correção de hérnias inguinais.
Ler Mais
 | 15 / 06 / 21
A hérnia é uma causa bastante comum de dor e desconforto na região inguinal, porém, outras doenças também podem causar esses sintomas. Confira!
Ler Mais
1 2 3 7

Clínica Hepatogastro© 2022 Direitos Reservados – Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Última atualização: 29/06/2022 às 16:28
Agende sua Consulta
magnifiercross