Clínica Hepatogastro

Quais os sintomas mais comuns de hérnia inguinal e como tratar?

Por Equipe Hepatogastro18/10/2023
Tempo de leitura: 3 minutos
Por Equipe Hepatogastro
18/10/23
Sumário

A hérnia inguinal é uma condição na qual uma porção do tecido, frequentemente o intestino, sobressai-se através de uma fraqueza na parede abdominal da região da virilha. Isso pode causar dor, desconforto e inchaço. A correção geralmente requer cirurgia. Clique aqui e tire suas dúvidas!

Quais Os Sintomas Mais Comuns De Hernia Inguinal E Como Tratar Hepatogastro Bg
Quais Os Sintomas Mais Comuns De Hérnia Inguinal E Como Tratar? 2

Quando se trata de saúde, entender as condições médicas é essencial para tomar medidas preventivas e buscar tratamento adequado

A hérnia inguinal é uma condição comum que pode afetar homens e mulheres de diferentes idades

Neste artigo, vamos explorar a hérnia inguinal, incluindo o que é e como se desenvolve, quais são os sintomas, como funciona o tratamento e como prevenir. Leia até o final e conheça mais sobre essa condição!

O que é a hérnia inguinal?

Uma hérnia inguinal ocorre quando uma porção de tecido, geralmente uma parte do intestino, projeta-se através de uma fraqueza ou orifício na parede abdominal na região da virilha. 

Essa abertura pode se formar devido a uma fraqueza natural na parede muscular e pode aumentar como resultado de esforço físico, como levantar objetos pesados ou tossir excessivamente.

A hérnia inguinal é mais comum em homens, devido à passagem do cordão espermático pelo canal inguinal, uma abertura na parede abdominal. 

Através dessa abertura, a hérnia pode se desenvolver e causar protuberância visível ou palpável na região da virilha.

Quais os sintomas da hérnia inguinal?

Os sintomas de uma hérnia inguinal podem variar, mas muitas vezes incluem:

  • Protuberância: é uma saliência visível ou palpável na região da virilha ou escroto, que pode se tornar mais óbvia quando em pé, tossindo ou fazendo esforço
  • Desconforto: dor ou sensação de pressão na área da hérnia, que pode aumentar ao levantar objetos pesados, tossir ou se esforçar-se durante a evacuação
  • Sensação de queimação: algumas pessoas relatam uma sensação de queimação ou desconforto na região da hérnia
  • Inchaço ou sensação de peso: pode ocorrer inchaço na área da hérnia, acompanhado de sensação de peso ou desconforto

Como funciona o tratamento da hérnia inguinal?

O tratamento da hérnia inguinal pode variar com base na gravidade da condição e nos sintomas apresentados. 

Em alguns casos, quando a hérnia é pequena e assintomática, o médico pode recomendar monitoramento regular

No entanto, se a hérnia estiver causando dor ou desconforto significativo, ou se aumentar de tamanho, a cirurgia pode ser necessária.

A cirurgia de hérnia inguinal envolve o reposicionamento do tecido protruso e o fortalecimento da parede abdominal enfraquecida. 

Isso pode ser feito por meio de diferentes técnicas, como a cirurgia aberta, com cortes na região da hérnia ou cirurgia laparoscópica e robótica, que envolvem pequenas incisões e uso de um aparelho de vídeo para guiar o procedimento. 

O médico irá avaliar o melhor método com base na condição individual do paciente.

Como prevenir a hérnia inguinal?

Embora a hérnia inguinal possa ocorrer por várias razões, algumas medidas podem ajudar a reduzir o risco de desenvolver essa condição:

  • Manter um peso saudável: ajuda a reduzir a pressão sobre a parede abdominal 
  • Fortalecer os músculos abdominais: praticar exercícios que fortaleçam os músculos abdominais pode ajudar a fortalecer a parede abdominal 
  • Evitar constipação: ter uma dieta rica em fibras e hidratação adequada pode reduzir a pressão sobre a parede abdominal

Conclusão

A hérnia inguinal é uma condição comum que pode causar desconforto e preocupação

Ao entender suas causas, sintomas e opções de tratamento, você pode tomar medidas para prevenir essa condição ou buscar tratamento adequado quando necessário. 

Manter um estilo de vida saudável, evitar esforços excessivos e adotar medidas preventivas pode ajudar a reduzir o risco de desenvolver uma hérnia inguinal e promover sua saúde abdominal a longo prazo. 

Lembre-se sempre de consultar um profissional de saúde para avaliação e orientação individualizada.

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Equipe Hepatogastro

CRM:  | RQE : 
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 14/05/2024 às 12:29
magnifiercross