Clínica Hepatogastro

Após a cirurgia bariátrica, o que deve mudar na rotina?

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira30/08/2023
Tempo de leitura: 3 minutos
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
30/08/23
Sumário

Cirurgia bariátrica, também conhecida como cirurgia da obesidade, é um procedimento que visa a redução do tamanho do estômago e da absorção do intestino em indivíduos com o IMC muito elevado. Após a cirurgia, são necessários alguns cuidados específicos e adaptações à nova rotina.

Apos A Cirurgia Bariatrica O Que Deve Mudar Na Rotina Blog
Após A Cirurgia Bariátrica, O Que Deve Mudar Na Rotina? 2

Esse é o assunto do artigo de hoje. Afinal, o que deve mudar após a cirurgia? Acompanhe mais detalhes a seguir!

Como funciona a cirurgia bariátrica?

Podemos dizer que a cirurgia bariátrica é responsável pela diminuição do volume do estômago, reduzindo assim a quantidade de alimentos armazenados dentro ele. Também pode ser realizado um desvio do intestino com o intuito de diminuir a absorção das calorias dos alimentos.

O procedimento é feito com o paciente sob anestesia geral, em ambiente hospitalar, e pode ser realizada com técnica aberta, videolaparoscopia ou cirurgia robótica. 

A cirurgia bariátrica pode ser classificada como restritiva, disabsortiva  ou mista. A restritiva é aquela que reduz a capacidade do estômago de armazenar os alimentos e o indivíduo sente saciedade de forma precoce.

Por sua vez, a disabsortiva não realiza grandes alterações na capacidade de armazenagem do estômago. Neste caso, é realizado um grande desvio no caminho que o alimento faz no intestino, levando a uma grande alteração na absorção de alimentos.

Já a cirurgia mista é a mais realizada no Brasil e no mundo, uma vez que restringe a quantidade de alimentos, além de um desvio do intestino que não causa tanto prejuízo na absorção, principalmente de vitaminas e minerais. Uma das técnicas mais comuns é o Bypass gástrico.  

Quais as mudanças na rotina após a cirurgia bariátrica?

Após a cirurgia bariátrica, uma série de mudanças na rotina do paciente são necessárias para garantir o sucesso do procedimento e manter a qualidade de vida. Estas mudanças incluem:

Dieta

A dieta é um dos fatores mais importantes. Inicialmente, os pacientes são orientados a seguir uma dieta líquida e depois introduzir gradualmente alimentos sólidos. 

Além disso, a quantidade de alimentos consumidos também deve ser significativamente reduzida, de acordo com as orientações do médico ou nutricionista.

Mudanças no estilo de vida

Isso inclui adotar hábitos alimentares saudáveis, como ingerir alimentos nutritivos e evitar aqueles muito processados ​​e ricos em açúcar refinado. O tabagismo e o consumo excessivo de álcool também devem ser evitados. 

Hidratação

A ingestão de líquidos também é importante após a cirurgia bariátrica. O paciente deve se manter bem hidratado, mas precisa seguir as orientações do profissional de saúde sobre o momento adequado para a ingestão do líquido e a quantidade correta.

Suplementação

Devido à restrição alimentar e à absorção reduzida de nutrientes, muitas pessoas que passam pela cirurgia bariátrica precisam de suplementos vitamínicos e minerais para evitar deficiências nutricionais. 

O tipo e a quantidade de suplementos podem variar de acordo com a técnica cirúrgica realizada e as necessidades individuais. Além disso, a prescrição e o acompanhamento devem ser realizados por profissionais de saúde habituados com pacientes submetidos à bariátrica. 

Exercícios físicos 

A atividade física é fundamental para o sucesso da cirurgia bariátrica. O exercício ajuda na perda de peso, na manutenção de massa muscular e na saúde cardiovascular. É importante começar gradualmente e seguir as orientações médicas e do profissional de educação física.

Apoio psicológico

Quem realiza o procedimento, muitas vezes, enfrenta desafios emocionais relacionados à mudança de peso e estilo de vida. O suporte psicológico, como terapia ou aconselhamento, são fundamentais para enfrentar essas questões e manter a motivação.

Acompanhamento médico regular 

O acompanhamento médico é essencial. Os pacientes devem consultar regularmente o médico e nutricionista para monitorar a saúde, ajustar a dieta e os suplementos e verificar possíveis complicações ou alterações metabólicas inerentes ao procedimento. 

É importante lembrar que a cirurgia bariátrica não é uma solução mágica para obesidade, mas sim um apoio que pode ajudar a alcançar uma perda de peso significativa. 

O sucesso a longo prazo dependerá do comprometimento do paciente em realizar as mudanças necessárias na rotina.

Esclarecemos suas dúvidas? Deixe um comentário abaixo e compartilhe o conteúdo!

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 14/05/2024 às 12:29
magnifiercross