Clínica Hepatogastro

Quais as chances de cura de um Câncer de Intestino?

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira14/02/2023
Tempo de leitura: 2 minutos
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
14/02/23
Sumário

O câncer de intestino surge a partir do crescimento desorganizado das células do intestino, seus sintomas são variados de acordo com a localização do tumor e o rastreio é fundamental para o acompanhamento do câncer colorretal.

No post de hoje, iremos falar sobre câncer de intestino, as variações de seus sintomas, a importância do acompanhamento e as chances de cura-lo.

O que é o Câncer de Intestino?

O câncer de intestino, se trata do crescimento desorganizado das células do intestino. Com o tempo, essas lesões podem crescer e se transformar em tumores malignos, gerando sintomas como: sintomas obstrutivos, alteração do hábito intestinal ou até mesmo sangue nas fezes. Os sintomas variam um pouco, de acordo com a localização. 

Sintomas e suas variações 

O sintoma varia um pouco em relação a sua localização, geralmente os tumores do cólon direito, tendem a ter sintomas de anemia ou de uma massa palpável; enquanto os tumores do cólon esquerdo e reto, cursam mais com a alteração do hábito intestinal. Isso é importante, pois o diagnóstico precoce está diretamente relacionado à melhora da sobrevida.

Quando devo iniciar o Rastreio?

Geralmente quando o tumor passa a dar sintomas, ele já pode ser considerado tumor um pouco maior, por isso existem campanhas de conscientização e rastreio do câncer colorretal. Normalmente, iniciamos o rastreio a partir dos cinquenta anos, com exames como a colonoscopia, que pode identificar as lesões em seu estágio inicial. 

Chances de Cura e Importância do Acompanhamento

De maneira geral, a taxa de sobrevida nos pacientes, até cinco anos, é de 65%, no entanto, esse número pode aumentar para até 95% de sobrevida em cinco anos, se o tumor for encontrado ainda no estado precoce.

Por isso é fundamental, se você tem mais de cinquenta anos, tem algum fator de risco como: sedentarismo, obesidade, tabagismo ou doenças polipomatosas na família, além de alteração no hábito intestinal, você inicie o acompanhamento e o rastreio. Dessa forma, você pode encontrar o tumor ainda precoce, evitando com que necessite de cirurgias maiores ou quimioterapia e até mesmo ter a chance aumentada de recidiva e metástase.

O que achou do conteúdo? Apresenta alguma dúvida? Deixe um comentário para que possamos esclarecê-la!

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 23/05/2024 às 15:27
magnifiercross