Clínica Hepatogastro

Por que têm aumentado os casos de Câncer de Intestino antes dos 50 anos?

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira07/02/2023
Tempo de leitura: 2 minutos
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
07/02/23
Sumário

Os tumores de cólon são formados a partir do aumento desorganizado do intestino, geralmente o intestino grosso ou reto. O aumento desse tipo de tumor nessa população mais jovem, vem ocorrendo por conta de maus hábitos associados a eles.

No post de hoje iremos informar o porquê do aumento de casos de câncer de intestino na população abaixo dos cinquenta anos. Continue acompanhando para saber mais sobre.

O que é Câncer Colorretal?

Os tumores de cólon, nada mais são do que o aumento desorganizado das células do intestino, sendo eles o intestino grosso ou o reto.

O que está ocasionando esse aumento?

O aumento da incidência desse tipo de tumor se dá, justamente, pelos fatores de riscos associados a eles, impactando também na população mais jovem.

Como fazer o diagnóstico desse Tumor?

Muitos pacientes vem ao consultório com dúvidas sobre como realizar o diagnóstico desse tipo de tumor, justamente por ter alguns artistas que foram diagnosticados com esse tumor nos últimos anos, seja em pacientes mais idosos como o Rei Pelé ou em mais jovens como Preta Gil.

Fatores de Risco?

Hoje sabemos que esses fatores de risco, como a obesidade, o tabagismo e o sedentarismo, também atingem a população mais jovem e esse pode ser um dos fatores que justifica a incidência aumentada nessa população.

Quais exames devo solicitar?

Os exames de imagem e diagnóstico, estão cada vez mais comuns e disponíveis, sejam exames de imagens como tomografias ou o melhor para o diagnóstico desse tipo de tumor, o exame endoscópico: a colonoscopia.

Populações de Risco e Métodos de Prevenção

Populações de risco, como pacientes que possuem histórico de câncer na família ou que exista um fator de risco mais importante gerando alterações no hábito intestinal, recomendada-se iniciar esse rastreio antes dos cinquenta anos.

É muito importante que mesmo aqueles pacientes que não tenham sintomas, comecem o rastreio da identificação dessas lesões ainda no início. O Ministério da Saúde e a OMS, preconizam que esses exames de rastreio se iniciem na população geral, a partir dos cinquenta anos. Já, algumas instituições internacionais, defendem que esse rastreio comece aos quarenta e cinco anos. 

O que achou do conteúdo? Apresenta alguma dúvida? Deixe um comentário para que possamos esclarecê-la!

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 23/05/2024 às 15:27
magnifiercross