Clínica Hepatogastro

Câncer de Intestino: já tem 50 anos? Então precisa fazer o exame preventivo!

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira30/08/2022
Tempo de leitura: 2 minutos
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
30/08/22
Sumário

O câncer colorretal é uma doença grave, e a sua incidência vêm aumentando nos últimos anos, tanto pelos hábitos de vida, como pela alimentação errada da nossa sociedade.

No post de hoje iremos esclarecer quando fazer o exame preventivo de câncer de intestino e quais os fatores que aumentam a chance de desenvolver a doença. Continue acompanhando para saber mais sobre.

Como é feito o rastreamento do Câncer de Intestino ?

O rastreamento é feito através de exames específicos, como o exame de sangue oculto nas fezes, a tomografia e o melhor deles que é a colonoscopia, o exame endoscópico do colo, pois através desse exame é possível não só o diagnóstico de imagem como também a biopsia, onde será feito um estudo através do microscópio para identificar se essa lesão é benigna ou não, e se a lesão for maligna, descobrir qual o tipo. Em alguns casos, é possível fazer a ressecção completa da lesão, através da endoscopia, evitando assim uma cirurgia.

Quando começar o rastreio da doença?

Segundo o ministério da saúde, todos os brasileiros acima de 50 anos devem fazer o primeiro exame de colonoscopia, no entanto, alguns "guidelines" internacionais apontam que esse exame, esse rastreio, deve ser iniciado a partir dos 45 anos, no caso de paciente que não tem risco de desenvolver um câncer mais precoce, já aqueles pacientes que tem um alto risco, devem iniciar o exame alguns anos antes.

Fatores que aumentam o risco de desenvolver Câncer de Intestino

Pessoas com histórico familiar de pólipo e de câncer, não só no colon, como também no útero e mama, podem ter uma questão genética, que aumenta a chance de ter o câncer colorretal, algumas doenças familiares, como a polipomatose do intestino, pode aumentar o risco de desenvolver a neoplasia e por isso o paciente pode precisar iniciar os exames ainda na adolescência. 

Para saber se já está na hora de começar os exames, ou qual é o melhor exame para ser realizado, é muito importante a avaliação do especialista.

Se essa informação foi importante para você, se você conhecer alguém que pode se beneficiar dessa informação, compartilhe, curta e nos siga para mais informações como essa.

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 23/05/2024 às 15:27
magnifiercross