Clínica Hepatogastro

Eu vou engordar novamente após a Cirurgia Bariátrica?

Atualizado em 26/04/2022
Tempo de leitura: 2 min.
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
 | 
26/04/22

"Doutor, minha vizinha fez a bariátrica e engordou tudo de novo. Por quê?"

Realmente, muitos pacientes me procuram no consultório e me questionam: "Doutor, estou acima do peso e já me falaram que eu tenho indicação para cirurgia bariátrica, inclusive já tentei de outras formas, com medicamento, dieta e não consegui. Porém, tenho um amigo que realizou a cirurgia e reganhou tudo de novo. Isso vai acontecer comigo também?". Continue nos acompanhando e descubra!

Como poderia acontecer o ganho de peso?

Esse medo não deixa de ter fundamento, pois quando realizamos a restrição e a diminuição do tamanho do estômago ou o desvio do intestino, conseguimos uma boa perda de peso em curto prazo.

No entanto, o nosso organismo foi programado e evoluído por muitos e muitos anos para se adaptar a qualquer situação adversa. O ser humano, por muito tempo, não tinha essa abundância de alimento que temos hoje, então, quando passava-mos por uma época de pouca fartura ou restrição alimentar pelo meio ambiente, o organismo era forçado a absorver mais, a diminuir o metabolismo

Então, temos uma janela de oportunidades após a realização da cirurgia , onde o organismo ainda não se adaptou e o paciente tem que se adaptar a essa nova rotina de comer melhor, de começar a realizar atividade física, pois sabemos que cerca de 1 ano e meio a 2 anos depois da cirurgia, se voltarmos a comer errado tudo de novo, o organismo vai dar não só um jeito de absorver mais, aumentando a superfície de absorção, mas também diminuindo o metabolismo, a pessoa gasta menos e consome mais.

Nessa conta, ela volta a ganhar peso e pode, inclusive, reganhar todo o peso se voltar a comer errado, com altas taxas de carboidrato e comendo poucas verduras e proteínas.

Como evitar o ganho de peso?

Então, sim! É um medo que tem seu fundamento, por isso, sabemos hoje que aquele paciente que fez a cirurgia e manteve um acompanhamento, acompanhando com nutricionista, endocrinologista, eventualmente um psicólogo e o educador físico, tem uma perda de peso mantida a longo prazo, enquanto o paciente que nunca mais se cuidou, voltou a ter hábitos errados, volta, talvez não todo o peso, mas ter um reganho de peso importante e considerável.

Novas cirurgias

Inclusive, alguns pacientes podem ter a indicação de uma bariátrica regional, de uma nova cirurgia com intuito de tanto uma nova perda de peso ou uma melhora da questão metabólica

Por conta disso, é muito importante a avaliação e segmento com uma equipe multidisciplinar e especializada!

Sobre o(a) Autor(a)
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 | 24 / 05 / 22
Hoje vamos falar sobre a cirurgia bariátrica, desde o preparo cirúrgico até a recuperação. Acompanhe!
Ler Mais
 | 17 / 05 / 22
A síndrome metabólica é um conjunto de condições que acabam aumentando o risco de uma doença cardíaca, diabetes e acidente vascular cerebral No post de hoje, falaremos se é possível a realização da Bariátrica tendo essas condições. Confira!
Ler Mais
1 2 3 11

Clínica Hepatogastro© 2022 Direitos Reservados – Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Última atualização: 24/05/2022 às 18:15
Agende sua Consulta
magnifiercross