Cirurgia Robótica no tratamento de doenças hepáticas: uma abordagem menos invasiva

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
Sumário

Você sabia que a cirurgia robótica ganhou destaque no tratamento de doenças hepáticas, por ser uma técnica eficaz e menos invasiva para os pacientes? 

A Imagem Ilustra Um Médico Realizando Uma Cirurgia Robótica
Cirurgia Robótica No Tratamento De Doenças Hepáticas: Uma Abordagem Menos Invasiva 2

Quer entender o que é, como funciona e quais são os benefícios da cirurgia? Acompanhe mais detalhes no artigo a seguir!

Do que se trata a cirurgia robótica?

Podemos dizer que a cirurgia robótica consiste em uma videocirurgia, onde o cirurgião opera em uma plataforma robótica e consegue visualizar a região sem a necessidade de grandes incisões no abdômen.

Em outras palavras, é uma procedimento minimamente invasivo, onde as manobras são conduzidas pelo cirurgião, porém, executadas através de braços e pinças robóticas que ampliam e aprimoram os movimentos do cirurgião.

O sistema robótico é composto por instrumentos cirúrgicos montados em braços robóticos. Desta forma, o cirurgião, sentado no console, visualiza a área de operação em um monitor, com imagem 3D, em tempo real e manipula os controles manuais. 

Esses movimentos são então traduzidos pelos braços robóticos, que executam as ações correspondentes. 

Seu principal objetivo é melhorar o controle, a precisão e a flexibilidade do cirurgião durante o procedimento.

Cirurgia robótica de hepatectomia 

Hepatectomia é uma das formas de tratamento de doenças do fígado, sendo indicada em casos de tumores primários, nódulos, metástases hepáticas, entre outras patologias que acometem o órgão.

E se antes a técnica aberta era a mais utilizada, neste caso, com necessidade de uma incisão na parte superior do abdômen, hoje a cirurgia robótica também é uma das opções para a realização da hepatectomia.

O preparo do paciente é o mesmo de uma cirurgia convencional, mudando somente a forma como será feito o procedimento. 

Após a preparação, é posicionado ao lado do paciente o equipamento com os instrumentos que serão utilizados e a câmera, responsável por transmitir as imagens para a plataforma onde estará o cirurgião.

Mantendo-se nesse console, o cirurgião consegue ter uma visão mais ampla da estrutura e assim envia comandos para o equipamento. Isso é feito a partir dos controles da mesa, que contam com o suporte tecnológico para guiar os movimentos.

Essa tecnologia é o que ajuda a controlar os movimentos e a pressão exercida, permitindo uma movimentação precisa e delicada, trabalhando em apenas uma pequena área, com menores incisões. 

Além disso, todos os equipamentos são programados para a hepatectomia, então o cirurgião pode definir os ajustes dos instrumentos, minimizando diversos riscos.

Quais são as vantagens da cirurgia robótica?

A cirurgia robótica tem proporcionado uma série de benefícios significativos. Abaixo, destacamos os principais: 

Recuperação mais rápida

Por ser um procedimento menos invasivo, os pacientes têm uma recuperação mais rápida, com menos tempo de internação hospitalar e uma transição mais suave para as atividades normais do dia a dia. 

Pós-operatório mais tranquilo

Devido ao tamanho reduzido das incisões, os pacientes submetidos à cirurgia robótica hepática tendem a sentir menos dor. Isso contribui com um pós-operatório mais confortável e tranquilo.

Segurança

Até aqui, já foi possível perceber que o procedimento cirúrgico via robótica é bem seguro. Mas, também existem outros detalhes, como por exemplo, a plataforma ter componentes projetados especificamente para reduzir o risco das operações, como travas de segurança, que podem evitar movimentos quando o médico desvia os olhos por alguns segundos. 

Vale lembrar que apenas cirurgiões certificados e que já possuem treinamento podem efetuar esse tipo de procedimento. 

Esclarecemos suas dúvidas? Já fez ou conhece alguém que fará uma cirurgia robótica? Deixe um comentário e compartilhe!

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.

Compartilhe nas redes sociais:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Realização de Cirurgias Intestinais por meio da Robótica, é possível?

Saiba mais sobre os na Cirurgia Robótica para tratamento de doenças intestinais. Saiba como essa tecnologia proporciona acesso preciso e visualização aprimorada, permitindo diagnósticos precisos e ressecções eficazes.
Leia mais

Cirurgia de Refluxo: pode ser via robótica?

A cirurgia por via robótica é uma forma do cirurgião realizar o procedimento por meio de pinças colocadas no abdômen do paciente. Neste post, falaremos sobre o uso deste procedimento na cirurgia do refluxo. Acompanhe!
Leia mais

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados Atualizado em: 14/11/2023
magnifiercross