Clínica Hepatogastro

A presença de sangue nas fezes pode indicar câncer de intestino?

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira10/08/2023
Tempo de leitura: 4 minutos
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
10/08/23
Sumário

Alguma vez você já notou a presença de sangue nas fezes? Essa é uma situação que pode ocorrer por diversos motivos, indicando uma fissura anal ou hemorroida. Mas, será que também pode ser um alerta para o câncer de intestino? 

A Presenca De Sangue Nas Fezes Pode Indicar Cancer De Intestino Hepatogastro Bg

Vamos responder essa questão no artigo a seguir. Continue acompanhando para entender um pouco mais sobre o assunto!

Clique aqui e entenda como funciona o tratamento de Câncer de Intestino

Como surge o sangue nas fezes? 

Como dissemos, existe a possibilidade de ser apenas um sintoma comum de hemorroida ou fissura anal, não se tratando de graves patologias.

Porém, a presença de sangue, visível ou oculto, nas fezes faz com que seja necessária uma avaliação detalhada para excluir doenças mais graves, como o câncer colorretal. 

E do que se trata o câncer de intestino?

O câncer de intestino ou colorretal é um tumor maligno que acomete o intestino grosso e o reto. O tipo mais comum é o adenocarcinoma, que afeta as glândulas e os tecidos epiteliais, ou seja, o revestimento interno do órgão.

Diante de todas as patologias que afetam o intestino, essa é uma das mais preocupantes. Isto porque ele apresenta cerca de 10% de todos os tumores malignos diagnosticados, sendo o segundo tipo de câncer mais comum em mulheres e o terceiro em homens. 

Quais os sintomas de câncer de intestino?

No início, o câncer de intestino é assintomático, isto é, não apresenta nenhum sintoma específico, sendo considerado silencioso. Isso porque seu crescimento costuma ser lento. No entanto, com o passar do tempo e a evolução da doença, começam a surgir alguns sinais, sendo eles:

Sangue nas fezes

Sim, esse é o sintoma mais comum de alerta para o câncer de intestino. E caso o tumor se localize nas porções mais próximas ao ânus ou reto, o indivíduo poderá notar o sangue nas fezes com um vermelho vivo. No entanto, ele pode passar despercebido e dar sinais indiretos, como anemia e diminuição do ferro sanguíneo. 

Dor abdominal 

A dor abdominal pode ter várias causas, mas quando se torna incômoda e duradoura, é preciso um pouco mais de atenção. Isto porque o câncer de intestino afeta o hábito intestinal e assim provoca inchaço e cólica, que levam ao surgimento da dor. 

Perda de peso sem motivo aparente

Esse é mais um dos sintomas característicos do câncer de intestino e pode acontecer por dois motivos: o primeiro porque as células cancerígenas chegam a consumir muita energia do corpo, bem como o sistema imunológico que trabalha para que a doença seja combatida.

O segundo, porque o tumor libera substâncias no organismo que podem modificar a forma como o alimento é metabolizado, além de diminuir o apetite e a energia do indivíduo, gerando a redução de peso repentina

Fadiga e fraqueza

Também ocorre devido ao uso de muita energia do corpo pelas células cancerígenas, além de ser uma possível causa de anemia. Assim, o portador da doença começa a se sentir bastante fraco e o cansaço passa a ser constante.

Como é obtido o diagnóstico?

Em geral, o diagnóstico é realizado através de avaliação clínica, considerando alguns fatores como: 

  • Idade do paciente;
  • Histórico familiar;
  • Sintomas apresentados;
  • Histórico clínico. 

Desta forma, sob suspeita clínica, são solicitados exames para obter um diagnóstico preciso. A colonoscopia é o exame mais indicado para verificar a presença de lesões no intestino. 

O procedimento é considerado simples, exigindo pequenos cuidados prévios. É um exame rápido e indolor, responsável pela remoção do material que será levado para biópsia, para que seja ou não diagnosticado o tumor.  

Também podem ser indicados alguns exames complementares, como a radiografia com contraste, exames de sangue e a tomografia computadorizada. 

E o que fazer para evitar a doença?

Além dos exames clínicos e acompanhamento médico, é fundamental manter uma dieta saudável para não prejudicar o funcionamento do intestino e evitar que a doença se desenvolva. 

A alimentação rica em fibras é o primeiro passo. Devem ser acrescentados ao cardápio alimentos como vegetais e cereais para ajudar no trânsito intestinal. E não podem faltar verduras e frutas. Deve-se diminuir o consumo de carne vermelha e gordura processada.  

A prática de atividades físicas diminui a resistência à insulina e ajudam a fortalecer o sistema imunológico ao liberar endorfina, sendo mais uma forma de prevenir o câncer de intestino.

Clique aqui e saiba como é feito o exame de Colonoscopia e qual a sua função

Esclarecemos suas dúvidas sobre o assunto? Deixe o seu comentário e compartilhe em suas redes sociais!

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 11/04/2024 às 16:40
Ligue para agendar
Agende sua Consulta
magnifiercross