Clínica Hepatogastro

Úlcera gástrica é grave? O que pode causá-la?

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira02/08/2023
Tempo de leitura: 3 minutos
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
02/08/23
Sumário

Úlcera gástrica ou péptica é uma ferida que acomete o revestimento interno do estômago ou duodeno, sendo caracterizada pela presença de ácidos estomacais que geram sintomas incômodos.

Ulcera Gastrica E Grave O Que Pode Causa La Hepatogastro Bg
Úlcera Gástrica É Grave? O Que Pode Causá-La? 2

Agora você pode estar se perguntando: essa condição apresenta gravidade? O leva a uma úlcera gástrica? No artigo de hoje, responderemos essas questões. Acompanhe os detalhes a seguir!

Quais as causas de úlcera gástrica?

Podemos dizer que a úlcera gástrica ocorre por diversos fatores, um deles é justamente a ação de ácidos estomacais que geralmente são encontrados nos alimentos. Muitas vezes, os ácidos acometem a parede do trato digestivo, prejudicando-a e levando ao surgimento da úlcera. 

Também podemos destacar os fatores genéticos predefinidos, episódios de estresse frequente, o uso contínuo de medicamentos como aspirina e bactérias que podem se manifestar na parede estomacal, sendo a principal a bactéria H. pylori.

Sintomas de úlcera gástrica 

Na maioria das vezes, os sintomas de úlcera gástrica surgem após as refeições. Desta forma, o indivíduo passa a ter queimação e sensibilidade na região gástrica. Porém, isso também pode ocorrer com o estômago vazio, pois não há alimentos e os ácidos conseguem irritar a ferida. 

Além desses sintomas, existem outros indícios de desenvolvimento de úlcera, sendo eles: 

  • Vômito com sangue;
  • Azia;
  • Fezes escuras ou até mesmo avermelhadas, indicando presença de sangue;
  • Fortes dores, principalmente à noite;
  • Dificuldade para digerir.

Como o diagnóstico é obtido?

A partir da avaliação dos sintomas, é indicada uma endoscopia digestiva para identificar as causas e saber o tamanho da úlcera. Esse é um exame feito sob sedação, que permite aos médicos a visualização da região do estômago.

Vale lembrar que podem ser solicitados alguns exames complementares como raio-X, USG e análise do ácido gástrico.

Afinal, a úlcera gástrica é grave?

Na maioria das vezes, a úlcera gástrica não é um problema que apresenta gravidade para o indivíduo. Entretanto, o ideal é que seja tratada o quanto antes, para que a ferida não cresça. A escolha é por medicamentos que ajudam a diminuir e amenizar a acidez do estômago, como antiácidos e inibidores de secreção gástrica. Quando a condição está associada a bactérias, são indicados antibióticos.

No entanto, suas complicações se tornam emergências médicas, como o sangramento ou a perfuração. Por isso, fique muito atento em sinais de sangramento como dor abdominal associada a fezes escurecidas, fraqueza ou vômitos com sangue, ou ainda quanto ao sinais de perfuração, como forte dor abdominal de início agudo, porém precedida por queimação no estômago por alguns dias. 

Por isso, é importante manter um acompanhamento médico especializado, além de uma alimentação equilibrada, com legumes, verduras, frutas, grãos, carnes magras, entre outros alimentos mais saudáveis, evitando frituras, sanduíches, doces e bebidas ácidas como refrigerantes.

Você tem ou já teve problemas como a úlcera gástrica? Possui mais dúvidas sobre o assunto? Deixe um comentário e compartilhe!

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 23/05/2024 às 15:27
magnifiercross