Clínica Hepatogastro

Indicaram o Transplante de Fígado pra mim e agora, o que fazer?

Atualizado em 28/09/2021
Tempo de leitura: < 1 min.
Por Dr. Glauco Perticarrari
 | 
28/09/21

Após receber a indicação do transplante de fígado, mediante avaliação de um médico especialista em transplante ou especialista em hepatologia, não quer dizer que você precisa entrar imediatamente na fila do transplante.

Avaliações necessárias pré-transplante

Antes de estar ativo na fila do transplante, é necessário que se avalie algumas coisas nesse paciente que foi indicado ao transplante, como:

  • coração;
  • pulmão;
  • rim;
  • organismo do paciente;
  • se tem condição de realizar o transplante.

A importância de se avaliar o organismo é mais para uma prevenção, para ver se tem alguma outra condição que devemos nos preocupar antes do transplante ou se tem alguma outra coisa que precisaremos tratar depois.

Além disso, temos que avaliar condições psicológicas do paciente, é necessário saber se o paciente entende a gravidade e os riscos da cirurgia e vai:

  • conseguir passar pelo transplante;
  • ter condições de se cuidar após o transplante;
  • tomar as medicações necessárias;
  • seguir com o tratamento;
  • realizar os exames de forma rotineira.

Ser avaliado por um assistente social também é de extrema importância para ver se a família e o lar têm uma condição adequada para receber um paciente transplantado, se vai suprir suas necessidades básicas.

Após as avaliações, o que acontece?

Depois que o paciente passar por todas essas avaliações, tanto médica quanto psicossocial, e for aprovado, aí sim está capacitado para entrar na fila de transplante.

Antes disso, ter só a indicação, não quer dizer que já esteja aguardando por um órgão.

Essa é nossa resposta para a pergunta de hoje. Deixe a sua dúvida no comentário que vou esclarecer assim que possível.

Sobre o(a) Autor(a)
O Dr. Glauco Perticarrari atua clinicamente como cirurgião do Aparelho Digestivo, com enfase em transplante hepático e cirurgia hepatobileopancreatica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 | 29 / 06 / 22
A hepatectomia, conhecida também como ressecção hepática, é a cirurgia de retirada parcial ou da totalidade do fígado. Entenda quando o procedimento é indicado!
Ler Mais
 | 01 / 06 / 22
A biópsia hepática tem como objetivo analisar, por meio de um microscópio, as estruturas internas do fígado. Entenda como é feito o procedimento!
Ler Mais
1 2 3 38

Clínica Hepatogastro© 2022 Direitos Reservados – Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Última atualização: 29/06/2022 às 16:28
Agende sua Consulta
magnifiercross