Clínica Hepatogastro

Gastrite: como identificar os sintomas?

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira21/12/2022
Tempo de leitura: 4 minutos
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
21/12/22
Sumário

A gastrite é um processo inflamatório que atinge a mucosa do estômago, ou seja, o revestimento mais interno deste órgão. Essa inflamação pode começar de uma forma discreta, sem sintomas ou desencadeando poucos incômodos, mas se não tratada, a tendência pode evoluir.

Gastrite Como Identificar Os Sintomas Hepatograstro Bg
Gastrite: Como Identificar Os Sintomas? 2

E como identificar esses sintomas? No artigo de hoje vamos explicar de que maneira os sinais de gastrite podem ser percebidos para que o médico seja consultado brevemente. Continue lendo!

Tipos de gastrite existentes

Conforme dissemos, a gastrite é uma inflamação que ocorre na mucosa do estômago e existem alguns tipos específicos do problema. Os principais causadores da gastrite são:

  • Síndrome dispéptica;
  • Farmacológica;
  • Infecciosa.

A síndrome dispéptica, popularmente chamada de gastrite, ocorre devido ao desequilíbrio entre a produção de muco, que protege o estômago, e a produção de suco gástrico, que é ácido e corrosivo. Muitas pessoas atribuem a piora dos sintomas ao estado emocional, por isso, também podem chamá-la de gastrite nervosa

Algumas vezes, a inflamação da parede do estômago pode ser secundária ao uso de medicações que agridem diretamente a mucosa do órgão ou diminuem a produção do muco protetor da parede, como é o caso dos anti-inflamatórios

Entre as causas mais comuns de gastrite, a infecção pelo Helicobacter pylori é um importante agente causador, uma vez que ele tem preferência por se fixar à mucosa gástrica. Essa bactéria tem uma relação íntima com a formação de úlceras e câncer gástrico. 

Quando os sintomas da gastrite aparecem? 

Nos casos agudos, ela pode aparecer de forma súbita e os sintomas são mais intensos após as refeições, em especial quando são ingeridos alimentos condimentados, gordurosos ou ácidos.

Já a gastrite crônica costuma ser assintomática no início, por isso, perdura por meses e é diagnosticada apenas quando há uma piora (ou agudização) do quadro. Em raríssimos casos, os portadores apresentam desconforto por períodos mais longos.  

E quais são os sintomas da gastrite?    

Embora a gastrite, ou dispepsia, possa se manifestar de formas diferentes, os sintomas que a inflamação desencadeia são os mesmos. E mesmo variando de intensidade, os prejuízos que provocam para o estômago também são iguais.    

Conforme explicamos, quando a inflamação ainda não é intensa, os sintomas são leves e podem até passar despercebidos pelo indivíduo, como um leve desconforto na região epigástrica. Mas, conforme o quadro avança, eles se agravam.

Como os tecidos estão “machucados”, quanto mais essa inflamação aumenta, mais aumentam também os desconfortos causados por ela.

Veja a seguir os principais sintomas causados pela gastrite e as características de cada um deles:

Dor e desconforto estomacal

Dor que surge na boca do estômago, ou seja, na porção inicial dele, localizada um pouco mais à esquerda do corpo, logo abaixo do início das costelas. Essa dor se manifesta em forma de pontada ou queimação.

Alguns pacientes podem se queixar de  ardência interna e azia. Existe uma sensação de que o estômago está constantemente cheio, além do desconforto abdominal. Por isso, o indivíduo perde o apetite

Enjoo e vômitos

A digestão dos alimentos se torna mais difícil nos quadros de gastrite. Com essa dificuldade, ocorre uma intensificação dos demais sintomas, causando a sensação de estufamento. Pode ocorrer inchaço no estômago, formação de gases, eructações frequentes e soluços.

Por conta dessas complicações alimentares, ocorre uma perda de peso expressiva, junto à fraqueza, dor de cabeça e até mesmo sangramentos estomacais, fezes escurecidas, sangue no vômito e secreção parecida com borra de café.

Indigestão

O estômago também pode rejeitar os alimentos ingeridos, então, quando o paciente tem gastrite, ele pode sentir enjoo ou apresentar vômitos. Essa condição pode estar associada, ainda, ao refluxo gastroesofágico, com o retorno do conteúdo estomacal para o esôfago, a garganta e até mesmo a boca.

Para finalizar, é possível dizer que os sintomas da gastrite tendem a se tornar muito intensos e desconfortáveis ao longo do tempo, prejudicando bastante a qualidade de vida da pessoa. 

Em alguns casos, pode dificultar as atividades diárias, impedindo o indivíduo de permanecer em pé. Então, o ideal é identificá-los no começo e buscar ajuda médica

O conteúdo foi esclarecedor? Deixe um comentário se tiver mais alguma dúvida sobre o assunto!

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 14/05/2024 às 12:29
magnifiercross