Clínica Hepatogastro

Após Cirurgia Bariátrica, quanto tempo devo esperar para engravidar?

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira02/08/2022
Tempo de leitura: 2 minutos
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
02/08/22
Sumário

Com o aumento do número de cirurgias bariátricas, é cada vez mais frequente que esses pacientes procurem um ginecologista, um obstetra ou com desejo de engravidar ou já com diagnóstico da gestação.

No post de hoje, falaremos sobre a recomendação de cirurgia bariátrica após a gestação. Continue nos acompanhando para saber mais!

Recomendações para realizar a Bariátrica durante a gravidez

É importante sabermos que o paciente com obesidade têm um risco aumentado tanto para doenças relacionadas ao feto quanto para a própria mãe, então, esperar para realizar a cirurgia bariátrica e depois ter a gestação talvez seja a melhor opção, mas existem algumas recomendações para isso!

O ideal é que a gestação ocorra pelo menos 2 anos depois da cirurgia, isso tem alguns motivos. No pós-operatório precoce da cirurgia, a paciente passa por um momento de desabsorção, então deixa de absorver proteínas e vitaminas e isso pode ser um risco para o crescimento do feto, um crescimento uterino muitas vezes inadequado. 

É lógico que com o acompanhamento dos especialistas, nutricionista, do cirurgião, do endocrinologista, esse risco diminui, porque são feitas as suplementações necessárias. Mas por outro lado, o que pode acontecer é que essa gestação em um momento muito precoce pode diminuir o resultado da cirurgia, levando a uma perda de peso não adequada ou não satisfatória ao paciente, mesmo que isso diminua o risco de alguma doença do feto.

É importante saber também que a paciente em pós-operatório pode ter riscos inerentes à própria cirurgia e se ela estiver grávida neste momento, alguns sintomas podem ser escondidos, podem ficar obscuros por conta da gestação, podendo  assim ocorrer um aumento de enjoo, aumento de desconforto abdominal e isso pode mascarar uma complicação da cirurgia. Então, esse momento mais precoce, de 12 a 24 meses, é um momento que temos que ficar de olho para ver se não vai ocorrer nenhuma complicação da cirurgia e que a gestação pode vir a mascarar.

Então, é muito importante que essa paciente tenha o segmento nutricional e endocrinológico do feto com o obstetra e também com o cirurgião, justamente para evitar qualquer complicação com o feto, com a mãe ou relacionada à cirurgia.

Se essa informação foi importante para você ou você conhece alguém que precisa receber essa informação, compartilhe este conteúdo e me siga para mais dicas!

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 11/04/2024 às 16:40
Ligue para agendar
Agende sua Consulta
magnifiercross