Quem pode ter câncer de fígado

O câncer de fígado pode ocorrer no próprio órgão ou ser originário de outra parte do corpo. Nessa última categoria, é considerado secundário ou metastático. A literatura médica define como maligno “primário do fígado” o hepatocarcinoma ou carcinoma hepatocelular. Estes últimos são aqueles que ocorrem em mais de 80% dos casos.

É possível fazer a prevenção da doença. A forma primária desse processo baseia-se em vacinas que evitam a transmissão do vírus da hepatite B. Já a prevenção secundária depende da detecção precoce do tumor, por exames diagnósticos de imagem em pacientes de risco.

Cirrose hepática leva à doença

Em cerca de 50% dos casos, o carcinoma hepatocelular é consequência de cirrose hepática, em geral associada a hepatite C.

O câncer de fígado é melhor tratado em centros especializados que possuam experiência em realizar seu diagnóstico e proficiência no seu tratamento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *