Clínica Hepatogastro

Recebi o diagnóstico de Pólipo intestinal. Devo me preocupar?

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira06/10/2022
Tempo de leitura: 3 minutos
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
06/10/22
Sumário

Cada célula do nosso organismo possui um padrão de tamanho e funcionamento. Porém, muitas vezes, essas células apresentam um comportamento diferente, gerando a formação de novos tecidos e consequentemente, o desenvolvimento do pólipo intestinal.    

Recebi O Diagnostico De Polipo Intestinal Devo Me Preocupar Clinica Hepatogastro Bg
Recebi O Diagnóstico De Pólipo Intestinal. Devo Me Preocupar? 2

Se você recebeu o diagnóstico recentemente, acompanhe o artigo que preparamos a seguir para entender um pouco mais sobre essa condição. 

Como ocorre a formação do pólipo intestinal?

Quando as células presentes na mucosa intestinal sofrem mutações genéticas, se multiplicando de forma desorganizada, um novo tecido é formado, algo semelhante a uma verruga ou caroço, fazendo surgir o pólipo intestinal.

Embora alguns pólipos sejam semelhantes a um cogumelo, o formato costuma ser plano e baixo e pode se desenvolver em qualquer parte do intestino grosso.

Quais são os sintomas de pólipo intestinal?

Logo após a sua formação, ainda no início, o pólipo intestinal é muito pequeno e não apresenta sintomas. Os sinais começam a surgir quando seu desenvolvimento já está mais avançado. Entre os principais sintomas, podemos destacar: 

  • Mudança no hábito intestinal (prisão de ventre ou diarreia);
  • Presença de muco nas fezes;
  • Fezes com sangue;
  • Dor abdominal;
  • Cólica intestinal e gases.

Ao notar algum dos sintomas que possam indicar a presença de pólipo intestinal, é importante consultar o médico para uma avaliação mais precisa, uma vez que, em alguns casos, existem chances de virar câncer. 

E como é feito o diagnóstico?

Em geral, o diagnóstico é concedido após a realização de exames como Raio x e colonoscopia. Vale lembrar que essa é uma condição que costuma surgir em indivíduos a partir dos 50 anos de idade ou pessoas que apresentam histórico familiar de pólipo intestinal.

Quais as formas de tratamento para pólipo intestinal?

Por ser um tipo de verruga que cresce na mucosa do intestino, sem grandes riscos para a saúde, o pólipo intestinal é uma neoplasia benigna. Ainda assim, existe a possibilidade de sofrer mutações.    

A técnica mais utilizada no tratamento é a colonoscopia, que por meio de equipamentos (colonoscópios) transmite imagens em alta resolução e permite uma análise médica bem minuciosa da região acometida pelos pólipos.

Para a remoção do pólipo são utilizados outros instrumentos em uma técnica conhecida como polipectomia, que possui uma baixa incidência de complicações. Também pode ser indicado o tratamento cirúrgico para remover o pólipo.

Porém, a indicação da cirurgia dependerá de fatores como a localização da neoplasia e suas características. Muitas vezes, é indicada apenas para casos onde não foi possível fazer a remoção de maneira completa e segura do pólipo por meio da colonoscopia.

Pólipo intestinal é grave?

Como dito, o pólipo intestinal não apresenta grandes riscos. Mas, quando não recebe o tratamento adequado, dependendo de suas características, pode evoluir e se tornar um tumor maligno.

Isso significa que, com o passar do tempo, o pequeno caroço que surgiu no local poderá levar a um câncer de intestino. Por isso, é importante fazer a remoção do pólipo após diagnóstico, mesmo que não apresente nenhum sintoma.

O conteúdo esclareceu suas dúvidas? Deixe um comentário abaixo com o seu feedback e compartilhe!

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Foram retirados 3 polipo.

    1 )polipo sessil do ascendente 3mm

    2) polipo pediculado 5mm

    3) polipo pediculado do sigmoid com cabeça 9mm

    Os dois primeiros polipectomia
    É o último Mucousectomia

    Foram para análise.

    Fazem 3 dias e ainda tem muco nas fezes e sensibilidade tipo coceirinha!

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 14/05/2024 às 12:29
magnifiercross