Qual a quantidade de chocolate ideal por dia? Quais seus benefícios?

O chocolate é um dos alimentos mais favoritos do mundo. E ele traz consigo diversos benefícios, mas para que os mesmos consigam agir de maneira adequada é necessário que se consuma apenas a quantidade ideal por dia, que segundo o Ministério de Saúde Brasileiro e de apenas 30 gramas. Parece ser pouco mais é o ideal para que os seus reais benefícios venham à tona. Confira quais são!

 

Qual o melhor tipo de chocolate?

O chocolate feito de leite é o menos aconselhável pois é o que contem mais quantidade de calorias e menos percentagem de cacau. O ideal para fazer parte da sua dieta é o chocolate amargo que contem mais cacau na sua composição e menos açucares.

 

Bem-estar

A sensação de bem-estar causada pelo chocolate encontra respaldo na ação da endorfina e da dopamina, relacionadas ao relaxamento. Alguns cientistas afirmam que a delícia é capaz de aumentar a produção dessas substâncias.

 

Fluxo arterial

Estudos mostram que o consumo do chocolate amargo melhora o fluxo arterial e faz bem à saúde cardiovascular por diminuir a tendência de coagulação das plaquetas e de obstrução dos vasos sanguíneos. Ajuda a diminuir os níveis de LDL (colesterol ruim).

 

Favorece as atividades físicas

Ele ajuda a diminuir o risco cardiovascular durante os exercícios físicos de média duração, pois facilita a vasodilatação, atenuando, assim, a pressão arterial induzida pelo exercício, o que ajuda em um melhor desempenho e eficiência no exercício.

 

Ajuda na proteção da pele

O consumo regular de cacau rico em flavonoides tem ação foto-protetora significativa, ajudando a minimizar o aparecimento de manchas, psoríase, acne e até mesmo o câncer de pele. Porém, o chocolate não substitui de forma alguma o protetor solar. Ele é apenas mais um recurso que pode reduzir os danos causados pelos raios UV à pele.

 

Previne câncer de intestino

Pesquisadores da Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos, divulgaram em 2008 que o chocolate pode ajudar a combater o câncer de intestino. Isso porque algumas moléculas presentes no cacau, chamadas de procianidinas, possuem propriedades antioxidantes, que serviriam para proteger as células das degenerações do tumor.

× Agendar Consulta.