Clínica Hepatogastro

O que é situação especial na fila do Transplante de Fígado?

Por Dr. Glauco Perticarrari14/09/2021
Tempo de leitura: 2 minutos
Por Dr. Glauco Perticarrari
14/09/21
Sumário

A situação especial na fila do transplante de fígado costuma ser muito mal interpretada pelo paciente, familiares e pelas outras pessoas que estão na fila.

Como funciona a organização da fila do transplante de fígado?

A organização funciona através do MELD, que é aquele cálculo onde a gente avalia a função do fígado.

O paciente que tem uma função pior e consequentemente o cálculo do MELD maior, ele está mais à frente. Já os pacientes que têm uma função melhor, estariam mais atrás.

E quando o paciente não tem MELD?

Existem algumas situações que o paciente desenvolve complicações da cirrose, doença do fígado, barriga d’água (conhecida como ascite), ou confusão mental causada pela disfunção do fígado. Nesses casos, o MELD não muda e continua baixo, o que pode impedir do paciente entrar na fila do transplante.

Nessas situações, o paciente bastante risco de mortalidade, mas os exames não conseguem mostrar. Isso foi observado quando os pacientes tinham tumor no fígado, podíamos ser tratados com o transplante, mas ele não tinha um MELD pra entrar na fila.

A partir do estudo, desenvolveu-se o critério de situação especial, que consiste em solicitar à Secretaria Nacional de Transplante, pontos especiais para que o paciente possa realizar o transplante e evitar o risco de mortalidade.

Após a Secretaria Nacional de Transplante aprovar a solicitação do paciente, é condido inicialmente MELD 20, e depois de algum tempo, o MELD sobe podendo chegar a 29 pontos em 6 meses. Através desse sistema, o paciente consegue chegar a frente na fila do transplante.

Saiba quando o Transplante de Fígado é indicado clicando aqui!

Esses pacientes estão furando fila?

Não, porque ele corre mais risco de mortalidade do que os outros pacientes. Então é um benefício? Também não. Não é nada além do que ser justo com o paciente e dar um tratamento igual aos outros.

Os outros pacientes ganham pontos por conta da função do fígado, já esses pacientes ganham por conta do risco de mortalidade.

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Glauco Perticarrari

CRM: 154653 | RQE : 59929 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Glauco Perticarrari atua clinicamente como cirurgião do Aparelho Digestivo, com enfase em transplante hepático e cirurgia hepatobileopancreatica.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 11/04/2024 às 16:40
Ligue para agendar
Agende sua Consulta
magnifiercross