Clínica Hepatogastro

Entenda porque a Cirurgia Bariátrica pode ser aliada na prevenção ao câncer

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira18/04/2023
Tempo de leitura: 2 minutos
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
18/04/23
Sumário

A obesidade é uma doença em que pode colaborar para a incidência de alguns tipos de tumores, principalmente os que estão ligados à parte metabólica e endocrinológica.

Neste post, falaremos sobre a obesidade, como seu desenvolvimento aumenta na incidência de tumores e a relação da cirurgia bariátrica na prevenção ao câncer. Acompanhe!

O aumento de incidência dos tumores a partir da Obesidade

Sabemos hoje, que alguns tipos de tumores têm sua incidência aumentando nos últimos anos, entre eles o câncer de mama, o câncer de colo e o câncer de esôfago, entre outros fatores de risco, o que eles têm em comum,  é que a obesidade pode aumentar a incidência de todos esses tipos de tumores, principalmente aqueles ligados a parte metabólica e endocrinológica. 

Sabemos que o tratamento da obesidade, também ajuda a diminuir o risco, ou seja, para aqueles pacientes que já tiveram alguma neoplasia, ou nunca tiveram nenhum tipo de câncer.

Tratamentos 

O  tratamento da obesidade, assim como suas causas, é preciso que ocorra em várias áreas, ou seja, não adianta tratar apenas a alimentação e não realizar atividade física, ou esquecer alguns problemas psicológicos.

Entre todos os tratamentos, seja mudança no estilo de vida, seja mudança de hábito alimentar, muitos medicamentos ou procedimentos endoscópicos, a cirurgia é que entrega o melhor resultado na perda de peso a longo prazo. Nesse contexto, sim a bariátrica pode diminuir o risco de surgimentos de algumas neoplasias.

Casos e Riscos

Aquele paciente que se submete ao procedimento, deve continuar o rastreio, como os outros pacientes que nunca tiveram obesidade, fazer a mamografia, fazer o exame preventivo do colo de útero, fazer a colonoscopia, depois de uma certa idade, se tiver risco na família. 

Mas é importante saber que o risco será diminuído e que a sobrevida do paciente de maneira global, aumenta com a perda de peso, também por conta da diminuição do risco cardiovascular.

Além da incidência diminuída de algumas neoplasias, sabemos que esse paciente, em que está acima do peso e tem obesidade, possui um maior risco de morrer de qualquer neoplasia, pois o paciente obeso tem risco cirúrgico ou risco de alguma quimioterapia aumentado. 

Bariátrica ajuda a reduzir o risco de Câncer?

Então, aquele paciente que perdeu peso, seja por meios menos invasivos ou pela cirurgia, também irá se beneficiar caso possua algum tipo de tumor, já que sua sobrevida é maior, e há chances de cura maiores em alguns tipos de tumor. 

Então, respondendo a pergunta do paciente, sim, a bariátrica pode ajudar a reduzir o risco de câncer.

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 23/05/2024 às 15:27
magnifiercross