Clínica Hepatogastro

Doença celíaca tem cura? Entenda como funciona o tratamento

Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira09/08/2023
Tempo de leitura: 3 minutos
Por Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira
09/08/23
Sumário

Doença celíaca é uma patologia crônica autoimune que ocorre quando as células de defesa agridem outras células do organismo, gerando uma inflamação crônica e é provocada pela ingestão de glúten.

Doenca Celiaca Tem Cura Entenda Como Funciona O Tratamento Bg

Uma das dúvidas mais comuns sobre a doença é se existe cura definitiva e qual seria o tratamento indicado. Responderemos a essas questões no artigo a seguir. Acompanhe!

Clique aqui e saiba como se preparar para o exame de Endoscopia Digestiva Alta

Como ocorre a doença celíaca?

Quando a pessoa portadora de doença celíaca faz a ingestão de alimentos com glúten, ocorre a reação das células de defesa do organismo gerando uma inflamação crônica no trato digestivo.

Isso se deve ao fato do sistema imunológico entender que as substâncias presentes no glúten são uma ameaça ao corpo e as ataca, danificando a superfície do intestino delgado e desenvolvendo a incapacidade de absorção de nutrientes.  

O que pode causar a Doença Celíaca?

As causas da doença celíaca não são completamente esclarecidas. Mas, é possível dizer que essa reação do sistema imunológico pode estar relacionada à genética, sendo um problema hereditário.

Quais os sintomas da doença celíaca?

O indivíduo diagnosticado com a doença celíaca costuma apresentar determinados sintomas como:

  • Diarreia;
  • Cansaço;
  • Prisão de ventre;
  • Dor abdominal;
  • Perda de apetite;
  • Sensação de estufamento abdominal.

Além desses, alguns outros sinais podem ser considerados, sendo eles: irritabilidade, ansiedade, deficiência de vitamina B12 ou ácido fólico, menopausa precoce, infertilidade, entre outros. Nas crianças pode ocorrer atraso do desenvolvimento neurológico ou baixa estatura. 

Diagnóstico de doença celíaca: como é feito? 

O diagnóstico é obtido por meio da avaliação dos sintomas apresentados e do histórico familiar, uma vez que, como dissemos, a genética é apontada como principal causa do problema. 

Logo, são solicitados alguns exames, entre eles o exame de urina, fezes e sangue, para avaliar o nível de anticorpos, além de identificar possíveis carências nutricionais. 

Também é indicado o teste genético, bem como a endoscopia, pois a biópsia do intestino, é o exame que avalia a estrutura do órgão, o grau de inflamação e a atividade da doença. 

Afinal, existe cura para a doença celíaca?

Não existe cura para a doença celíaca, apenas tratamento para amenizar os sintomas e manter os sintomas sob controle, além de melhorar a qualidade de vida do indivíduo. Entre os métodos que devem ser seguidos para tratar o problema, destacam-se:

Dieta sem glúten

É de extrema importância manter uma dieta sem alimentos com glúten, como malte, cevada, trigo, centeio e outros produtos derivados, como massas, bolo, biscoito e pães, por exemplo.

Nesse quesito, é fundamental que o paciente entenda que até mesmo mínimas contaminações podem fazer a doença sair do controle. Muitas vezes é necessário evitar compartilhar ou utilizar talheres que foram usados em alimentos com glúten e não foram devidamente higienizados. 

Suplementos

Muitos pacientes com a doença podem apresentar deficiência em ferro, cálcio, zinco, fibras, vitamina B12 e D e folato. Por isso, alguns médicos recomendam o uso de suplementos para a reposição.

Medicamentos

São indicados para diminuir as reações apenas nos pacientes que possuem dermatite herpetiforme ou doença celíaca refratária, quando não ocorre a melhora do quadro nem mesmo após a retirada do glúten da dieta.

Clique aqui e confira 5 dicas de como evitar a prisão de ventre

Você já teve ou conhece alguém com a doença celíaca? Compartilhe o conteúdo!

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira | Hepatogastro

Dr. Marcos Paulo Gouveia de Oliveira

CRM: 174843 | RQE : 94248 - Cirurgia do aparelho digestivo
O Dr. Marcos Gouveia tem foco em Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além de procedimentos minimamente invasivos do estômago, intestino e de hérnias da parede abdominal.
Acessar currículo

Compartilhe nas redes sociais:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

teste

Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Clínica Hepatogastro © 2024 Direitos reservados
Última atualização: 23/05/2024 às 15:27
magnifiercross